Biografia > Herbeth de Souza

Repórter Mundial

Compartilhe este Artigo

Herbeth de Souza

Ele fala Firme, caminha e pensa rápido, E por onde anda cumprimenta todo mundo e parece estar ligado numa tomada de 220 Volts. Esse é o perfil do elétrico Herbeth de Souza, apresentador do Repórter Mundial, exibido na programação da IMPD (Igreja Mundial do Poder de Deus) pela TV.

Aos 46 anos, esse potiguar, nascido na pequena cidade de Equador, (RN) descobriu cedo que gostava de se comunicar. Apaixonado por rádio e Tv É conta que ainda menino não largava o radinho de pilha, sempre ligado na programação das grandes emissoras da época.

Seu pai, Zequinha Sanfoneiro, tocava acordeom em várias bandas e era conhecido na região. Mais tarde deixou a vida artística e tornou-se funcionário público, a mãe trabalhava como faxineira em uma escola pública.

As coisas não eram fáceis naquele tempo, por isso Herbeth, além de brincar na rua como todo garoto do interior, também teve de começar a trabalhar muito jovem. Fez de tudo, vendeu tapioca, lavou carro, engraxou sapato. Não havia cinema na tranquila Equador, mas tinha o seu Fernando do Filme que exibia películas no mercado municipal e durante a semana anunciava o evento em seu carro de som. O adolescente Herbeth não teve dúvida, se aproximou de seu Fernando, se ofereceu para trabalhar, começou lavando o carro, e pouco tempo depois já estava onde queria, falando ao microfone. “Eu anunciava: "hoje você não pode perder esse grandioso filme na tela panorâmica do Cine São José”, recorda ele.

Em 1983, seu Zequinha decidiu mudar-se para a capital, Natal, e levou a família. Nessa época Herbeth profetizou que iria trabalhar na rádio do governador. E sua determinação e fé o levaram pra lá. Começou puxando cabos, como contrarregra, foi para sonoplastia e trabalhou até na recepção. Por fim, novamente chegou onde queria e tornou-se locutor de rádio. Foi a sua primeira experiência em um veículo de comunicação de massas.

Em 1989, ele conheceu Carlos Alberto Souza, então senador da república, e proprietário da TV Ponta Negra, aliada do SBT em Natal (RN). Sem cerimônia, se apresentou ao empresário e disse queria uma oportunidade para trabalhar em sua rede de TV. Entretanto, dias depois Herbeth recebeu uma proposta para inaugurar uma emissora de rádio no interior, aceitou e passou um ano por lá.

Depois desse período, ele voltou para a capital e retomou a conversa com o dono da TV Ponta Negra. O senador pediu que sua fiha, Micarla Sousa, diretora de jornalismo, Fizesse um teste com Herbeth. Ele passou. “Acompanhei o repórter Marcelino Pinheiro em algumas reportagens e no quinto dia de trabalho eu disse a Micarla que já me sentia preparado para fazer matéria”, conta.

Assim, o rapaz entrou para a televisão, tempos depois surgiu a oportunidade para participar do programa Aqui Agora, programa de jornalismo policial que fez história na TV brasileira. Herbeth foi para o SBT em São Paulo e tornou-se famoso em todo o Brasil. Após o término do programa, em 1996, passou por outras emissoras de radio e TV até chegar a IMPD.

Cursou jornalismo, mas tudo o que sabe aprendeu na raça. Evangélico, ele afirma que sonhou que entregaria o projeto do programa Repórter Mundial nas mãos do Apóstolo Valdemiro, mesmo antes de conhecê-lo, e sua fé novamente levou-o onde ele queria. Hoje, suas reportagens, exibidas na programação televisiva da IMPD, mostram 0 poder de Deus através das vidas transformadas.

família de Herbet de SouzaCasado há 20 anos com a Elaine, sua grande apoiadora, tem três filhos, Joana Dar'c Souza, Herbeth de Souza Júnior e Vanesssa Herbelly de Souza, 19 anos, que faz faculdade de jornalismo e já acompanha o pai na televisão.

O repórter diz que praticamente toda a sua família é convertida. “O fato de crer no evangelho e nos ensinamentos de Deus não livra ninguém dos problemas, mas dá força para superar situações difíceis como as que já vivi”, afrma.

Fonte: Avivamento Urgente

Foto: Igor Gonçalves



Copyright © Repórter Mundial - 2015 - 2017 - Todos os direitos reservados.